Arte, luxo e história é o que você vai encontrar na visita ao magnífico Castelo de Versailles!

Para chegar até o castelo, o mais indicado é ir de RER (trem). A cidade de Versailles fica no subúrbio de Paris a mais ou menos 50 minutos de distância da região central de Paris. A linha que atua na região é a linha C, que passa por diversas estações próximas a pontos turísticos como Saint Michel Notre Dame, Musée d’Orsay, Invalides, Champs de Mars Tour Eiffel. Pegue o RER C5 e desça na estação Versailles Rive Gauche, que é a mais próxima do Castelo. É preferível que você saia de Paris bem cedo porque o Castelo é muito grande e para você conhecer parte das instalações leva no mínimo um dia inteiro. Além disso, há uma fila bem significativa na entrada, já tenha em mente que ficará por lá pelo menos uma hora.

Lembre-se de antes de embarcar no RER comprar o ticket para as zonas de 1 a 4. Sempre há fiscais logo no final da zona 3 para verificar se todos os passageiros compraram o ticket certo e caso negativo você estará sujeito a multas.

Chegando na estação basta uns dois minutos de caminhada até chegar a entrada do Castelo. O ideal é que você compre o bilhete antecipadamente pela internet para acelerar sua entrada, ou então se você comprou o Paris Pass a entrada é gratuita (saiba mais em https://www.parispass.com/).

Logo na entrada você vê um portão dourado imponente e já imagina as maravilhas que encontrará lá dentro. Cada ambiente foi projetado com muito requinte e cada cantinho respira arte.

Durante a visita ao Palácio de Versalhes você percorre uma infinidade de espaços com uma riqueza de detalhes inimagináveis, entre os quais vale destacar a enorme capela e os Grandes Aposentos do Rei e da Rainha, que possuem uma grande quantidade de elementos decorativos.

Capela

Um dos espaços mais importantes do Palácio é a Galeria dos Espelhos, uma impressionante galeria que possui 375 espelhos. Nesse local  em 1919 foi assinado o Tratado que pôs fim à Primeira Guerra Mundial.

Galeria dos Espelhos

O Castelo é belíssimo e cada cômodo carrega uma história importante, porém a minha parte preferida são os Jardins: muito bem cuidados e lindos.

Os jardins se estendem por 800 hectares com uma enorme variedade de árvores, plantas, estátuas e fontes. Pelo tamanho é praticamente impossível conhecer os jardins por completo em apenas um dia.

Logo que você entra recebe um mapa indicando cada espaço do jardim com informação sobre os horários de shows das águas em cada fonte. Vale a pena você assistir pelo menos a um show.

Show das águas – água em formato do símbolo do Palácio

Para quem não está disposto a caminhar muito, no jardim estão disponíveis também bicicletas e carros elétricos para locação.

Viu, não é a toa que o palácio é um dos locais mais visitados da França!

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here